Enviado por rodolpho.chermont em qua, 26/10/2022 - 16:21

Fapespa lança edital para fortalecer a Bioeconomia no Pará

2

Na manhã desta quarta-feira, 26, a Fapespa realizou o evento de lançamento do novo edital de apoio a projetos e pesquisas em Bioeconomia no Estado do Pará. Esta é uma chamada pública que visa fortalecer o cenário da bioeconomia paraense, por meio do apoio a projetos científicos de pesquisadores vinculados a Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) paraenses. O evento aconteceu no Teatro Estação Gasômetro e contou com a presença das seguintes autoridades: o diretor presidente da Fapespa, Marcel Botelho; Ruth Mello, presidente do Banpará; Edilza Fontes, secretária da Sectet; Jessica Brilhante, da Semas; e Anadelia Santos, Semede.

2

 

O edital

O edital tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de infraestrutura das cadeias produtivas com potencial bioeconômico no estado do Pará, por meio de apoio às atividades integradas de pesquisa científica, tecnológica e de inovação, mediante a seleção de propostas de projetos de pesquisa. Dessa forma, fomentando a manutenção de níveis de diversidade dos eixos centrais da bioeconomia estadual, bem como a economia regional, infraestrutura de transportes, redes agroecológicas, comércio local e cadeia de pesca artesanal; Além do desenvolvimento de estruturas econômicas locais, que favoreçam o seu processo regenerativo em relação aos impactos das mudanças climáticas, gerando ao mesmo tempo benefícios sociais, ambientais e econômicos. valorizando uma economia compatível com a conservação e restauração do bioma amazônico.

2

Visto isso, através deste edital, o Governo do Estado, por meio da Fapespa, vai investir mais de 1.200.000,00 de reais, divididos entre custos e capital. Sendo, no máximo, 40.000 reais para despesas de custeio, como pagamento de bolsas e compra de materiais de consumo, e 80.000 reais para formação de capital, como compra de bens e livros.

 

Interiorização e mais oportunidades

Um diferencial desse edital é que serão prioritários a destinação de recursos financeiros a pelo menos quatro (4) projetos coordenados por pesquisadores vinculados a Instituições Cientificas e Tecnológicas descentralizados da Região Metropolitana de Belém. Proporcionando mais oportunidades que beneficiarão diversos pesquisadores de diferentes locais do estado.

2

Fora isso, outra questão é o ‘’Mães na Ciência’’ que terá o objetivo de incluir mais mães na pesquisa científica. Desse modo, para pesquisadoras que tiveram ou adotaram filhos nos últimos cinco anos, será considerado um ano a mais de avaliação do currículo Lattes para cada filho. (Esta informação deverá ser constada no formulário de submissão).

 

Submissão

Para submeter uma proposta a análise, o pesquisador interessado deve, obrigatoriamente, constituir vínculo com algum Instituto de Ciência e Tecnologia (ITC) sediado no Pará e o projeto deve ter, no máximo, 24 meses (2 anos) de execução. Cada proposta inscrita passará por 4 etapas de análise conforme os critérios estabelecidos no edital e, caso, aprovada, será contratada.

2

Após a contratação, os coordenadores deverão produzir relatórios e serão acompanhados por uma equipe irá verificar a gestão e a condução técnico-científico dos projetos. Os relatórios devem ser construídos a partir das conclusões, dos dados coletados e problemáticas encontradas com objetivo de fornecê-los a Fapespa para a elaboração da Carta de Recomendações para uma Economia do Bioma Amazônico, um documento que deve propor melhorias sobre Bioeconomia para os governantes locais.

 

Cronograma

A chamada foi lançada hoje, 26 de outubro, mas o período de submissões já está aberto. Confira abaixo:

Lançamento da Chamada: 26/10

Período de submissão de propostas: 26/10 a 28/11/2022

Divulgação do resultado preliminar na página da Fapespa e no Diário Oficial do Estado: 01/05/2023

Divulgação dos resultados finais nas páginas oficiais da Fapespa e no Diário Oficial: 22/05/2023

 

Essa chamada demonstra o interesse do Governo do Estado em construir ações em conjunto com pesquisadores e ICTs paraenses para fortalecer a economia do Pará, o meio acadêmico e gerar empregos.

 

Serviço

Para conferir a chamada, acesse:

https://tinyurl.com/4zs4jpba