Enviado por rodolpho.chermont em qui, 19/05/2022 - 14:18

Lançamento - Boletim do Comércio Exterior Paraense 2022

comex

Dividido em cinco capítulos, o boletim ilustra a balança comercial paraense, com indicadores oficiais, em base nas esferas Nacional, estadual e municipal como: quantidades exportadas e importadas e suas variações; valores exportados e importados, valores e proporções; A fim de ilustrar a capacidade econômica do estado em suas transações com o setor externo. Além disso, esses dados contribuem com uma análise dos impactos socioeconômicos da atividade externa sobre o tecido social estadual, além de incluir informações extra, tratando sobre os impactos da guerra entre Rússia e Ucrânia e os reflexos na comercialização externa do estado do Pará.

 

Exportações Paraenses

Assim, entre um dos principais dados obtidos, mostra a evolução dos saldos exteriores comerciais paraenses e brasileiros nos anos de 1997 e 2021, onde no ultimo ano alcançou ótimas posições no país, tendo seu pico de US$ 27,982 bilhões, sendo o maior saldo positivo para 4ª posição entre as unidades federativas. Nesse mesmo período, o Brasil também demonstrou seu maior saldo positivo do país alcançando a cifra de US$ 61,406 bilhões. A explicação desse feito está ligada ao aumento no valor dos preços de algumas das principais commodities exportadas pelo estado.

Em contrapartida, em relação aos municípios brasileiros que obtiveram os maiores superávits no ano de 2021, destaca-se, em primeiro lugar, Duque de Caxias – RJ (US$ 12,608 bilhões), seguido por dois municípios paraenses: Parauapebas (US$ 12,088 bilhões) e Canaã dos Carajás (US$ 9,702 bilhões), segundo e terceiro maior saldo. A resposta referente a  representatividade dos municípios paraenses nesse ranking, é relacionada ao grande volume do valor exportado em detrimento à importação, considerando os produtos da atividade mineral como os grandes protagonistas desse resultado, tais são: o minério de ferro com valor de US$ 21,766 bilhões, cobre com o valor de US$ 2,446 bilhões e alumina - US$ 1,562 bilhões, que se estendem para todo o estado do Pará.

Os municípios Paraenses que garantiram as exportações do estado são: Parauapebas (US$ 12,353 bilhões) e Canãa dos Carajás (US$ 9,800 bilhões). Em relação ao ano anterior, os dois municípios contribuíram para o crescimento acima da média estadual (45,1%): e juntos, representaram 75,5% do total exportado pelo estado.

Para conferir esse e outros resultados publicados pelo boletim, acesse: https://tinyurl.com/42tumvw8