Enviado por rodolpho.chermont em dom, 12/06/2022 - 14:14

Fapespa vai ofertar novas bolsas de iniciação científica ao programa Forma Pará

 A divulgação foi feita no evento científico Ciência na Amazônia, realizado pela Fundação, no último dia 31/05, no Teatro Estação Gasômetro.

2

Durante a celebração, foi assinado pelo presidente da Fapespa, Marcel Botelho, o termo de universalização da pesquisa no Pará, formalizando o apoio da Fundação, por meio do Bolsa Pará, à distribuição de novas bolsas de iniciação científica para instituições de ensino públicas que possuem turmas já inclusas no programa Forma Pará, coordenado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (SECTET).

Serão ofertadas 295 novas bolsas de iniciação científica ao programa, sendo cinco bolsas para cada turma atuante de 2019 a 2021, das seis instituições públicas de ensino superior participantes: Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade do Estado do Pará (UEPA), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e Instituto Federal do Pará (IFPA).

 

Bolsa Pará

O Bolsa Pará é um programa do Governo do Pará que, por meio da Fapespa, visa apoiar a formação e a capacitação de recursos humanos e a execução de programas e projetos em áreas de interesse estratégico para o desenvolvimento sustentável, suprindo demandas de instituições de ensino públicas. Desse modo, o programa já concede de fomento e de pesquisa científica, alguns deles, nos seguintes segmentos:

 

Iniciação Científica – Graduação (IC-Gr):

A modalidade busca incentivar o desenvolvimento do pensamento e da prática científica dos estudantes de graduação, na iniciação à pesquisa, nas diferentes áreas do conhecimento;

 

Iniciação Científica Júnior (IC-Jr):

Visa a despertar a vocação científica e desenvolver habilidades entre os estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, do ensino médio regular e profissional da rede pública de ensino do estado do Pará, sob a orientação de pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa;

 

Mestrado (ME):

Essa modalidade visa a formar recursos humanos, em grau de mestre, em programas e cursos de pós-graduação acadêmicos e profissionais reconhecidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, nas diferentes áreas do conhecimento;

 

Doutorado (DO):

Objetiva formar recursos humanos no grau de doutor em programas de pós-graduação no Brasil e exterior.

 

O apoio ao programa Forma Pará partiu da compreensão das questões geográficas e sociais de alunos que não possuem fácil acesso a tais condições de capacitação curricular acadêmica tendo-se como objetivo inserir os alunos de graduação no campo da pesquisa e das práticas científicas em todos 144 municípios do estado.

Assim, o presidente da Fapespa, Marcel Botelho, destaca: "Através desse apoio, vamos conseguir fazer com que os alunos de regiões mais distantes consigam ter as mesmas oportunidades que os que já adentraram e possuem experiência científica no campo acadêmico. Essas bolsas servirão como um incentivo, no intuito de despertar o interesse dos alunos pela produção científica, fazendo com eles tenham um olhar apurado em seus cotidianos através da ciência, tecnologia e inovação".

 

Texto: Myckael Portuga