Enviado por rodolpho.chermont em qua, 25/01/2023 - 08:36

Fapespa presente na visita da comissão europeia

Durante reunião em Belém, a vice-governadora expôs sobre a plataforma, que disponibiliza informações de rastreabilidade da cadeia produtiva da pecuária paraense.

comissão
Foto: Marcos Santos / Ag. Pará

A vice-governadora do Pará, Hana Ghassan, recebeu na última terça-feira (24), o vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans. Eles discutiram sobre o modelo de Economia Verde e conheceu a plataforma paraense “Selo Verde”, que fornece informações da cadeia produtiva da pecuária do Estado. O encontro ocorreu no Palacete Faciola e teve a participação do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, do secretário de meio ambiente e sustentabilidade, Mauro O’de Almeida, o Diretor-Presidente da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas - FAPESPA, Marcel Botelho, entre outras autoridades locais nacionais e locais.

No encontro, Hana Ghassan expôs o fato do Pará ser o maior produtor hidrelétrico e maior exportador de minério de ferro do Brasil e informou que a cooperação renderá bons frutos. “Acompanhamos atentamente a visita desta delegação ontem, a Brasília, junto ao Governo Federal e, agora, fazemos os melhores votos para que o Brasil recupere os laços de cooperação que unem o nosso país à União Europeia, em diferentes frentes, não somente comercialmente, mas em ampla cooperação técnica”, afirmou Hana Ghassan.

fapespa

Apoio às tomadas de decisões

A Fapespa com seus estudos, editais, projetos e pesquisas apoiam o Governo do Estado nas suas tomadas de decisões, nas mais diversas áreas possíveis, sempre visando o desenvolvimento sustentável no Pará. "É preciso compatibilizar o desenvolvimento econômico com a preservação da floresta em pé. Nossos estudos, pesquisas e editais são impactantes e inovadores por fomentar pesquisas e proporcionar a criação de um banco de dados sobre a bioeconomia, com isso, teremos ferramentas que irão embasar outras ações governamentais", afirmou o presidente da Fapespa, Marcel Botelho.

COP 30 em Belém

Frans Timmermans disse estar feliz com a possibilidade da Amazônia sediar a Conferência do Clima em 2025 (COP 30). “Há pouco, pude conhecer a ilha (do Combu), onde há um potencial e uma exuberância muito grande, que é a cara da Amazônia. Estou muito feliz com a possibilidade da Amazônia receber a Conferência do Clima”, afirmou. Durante o encontro, Timmermans anunciou ainda que parcerias entre Estado e União Europeia serão bem-vindas. "São propostas de cooperação de formação profissional, de buscar implementar ‘a nova economia verde’”, complementou. 

 

Fonte: Agência Pará

Texto: Aline Saavedra (SEMAS) e ASCOM Fapespa