Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
StartUP Pará inicia segunda fase de qualificação

StartUP Pará inicia segunda fase de qualificação

Os empreendimentos participantes receberão capacitação focada em modelo de negócios e produtos.

Data: 21/07/2021

Desde o dia 10 de julho o StartUP Pará entrou em sua segunda fase de qualificação, na qual os empreendimentos participantes passarão por workshops, mentorias e oficinas voltadas à de modelagem de seus negócios ou produtos.

Até o final do mês, as startups da categoria novos negócios participam dos workshops “Inovação em modelo de negócios” e “O modelo de negócios e seu papel”, enquanto as startups da categoria aceleração recebem os workshops “Técnicas para desenhar o produto ideal” e “Desenvolvimento do produto pós-validação”.

As startups também passarão por mentorias semanais e terão acesso às oficinas de elaboração de projetos e estratégias de vendas.

Os empreendimentos participantes destacam a importância do trabalho feito até agora. “O StartUP Pará tem agregado na organização e direcionamento das ideias e estratégias do nosso negócio, visando entender, atender e resolver a real dor do nosso cliente”, destaca Hugo Salgado, CEO da Liovitta, startup que aplica tecnologia no setor da alimentação com o propósito de levar vida saudável às pessoas através de alimentos liofilizados.

Para o professor Gilberto Silva, que está desenvolvendo um mini-transponder, dispositivo para pequenas embarcações com o objetivo de prevenir acidentes aquaviários na região ribeirinha do estado, o programa significa uma “oportunidade fantástica de agregar educação e empreendedorismo, o Startup Pará abriu o nosso olhar para perceber que o nosso trabalho desenvolvido junto com os alunos aqui na Secretaria de Educação (Semed) de Igarapé-Miri  pode se transformar em produtos no mercado e também em uma startup”,  afirma.

O programa vai promover duas lives, abertas ao público, com transmissão no canal do YouTube da Fapespa. No dia 22/07, o processo de criação de modelos de negócios escaláveis para startups dita o tema do encontro virtual e no dia 28/07 o papo da vez será “Os desafios de criar, crescer e vender uma startup”. Os dois eventos são às 19h.

A segunda fase do programa conta com cerca de 80 horas de carga horária de ações formativas. “Os participantes dos workshops, mentorias e demais atividades do programa StartUP Pará obtém conhecimentos que podem levar a uma maior eficiência nos seus processos produtivos, melhor desempenho ou funcionalidade e ainda a possibilidade de ampliar a atuação no mercado”, comenta a coordenadora do Programa Startup Pará, Maria Trindade.

“O programa é uma oportunidade fantástica, possibilita maior segurança nas tomadas de decisões, reduzindo significativamente as possibilidades de insucesso. Assim, é possível concluir que as atividades com especialistas preparam os participantes para obter melhor desempenho de suas propostas no mercado competitivo”, complementa Trindade.

 

Sobre o Startup Pará

O programa é uma iniciativa do Governo do Estado do Pará, por intermédio da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) e das secretarias de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet) e de Planejamento e Administração do Estado do Pará (Seplad). Desde junho de 2021, a execução técnica passou a ser realizada pela Fundação Guamá, através de um chamamento público para a realização do programa.

Cerca de 30 empreendimentos foram selecionados para o primeiro ciclo do Startup Pará. Até setembro, os empreendedores participam de oficinas, mentorias e workshops em áreas diversas.

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Produtos +