Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Semana Nacional de Ciência e Tecnologia conta com ações em diversos municípios do Pará:

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia conta com ações em diversos municípios do Pará:

Ao longo de toda a Semana, serão desenvolvidas atividades em oito municípios paraenses: Ananindeua, Belém, Bragança, Cametá, Castanhal, Igarapé-Açú, Irituia e Santarém.

Data: 24/10/2019

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2019) está ocorrendo em todo o país no período de 21 a 27 de outubro de 2019, integrando o Mês Nacional da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, promovido pelo Governo Federal. Como parte da programação, a Universidade Federal do Pará (UFPA) está realizando diversas ações de popularização da ciência por meio do projeto “Explorando o tema da Bioeconomia: conhecimento prudente para uma vida decente”, aprovado na Chamada CNPq MCTIC n. 09/2019.

Ao longo de toda a Semana, serão desenvolvidas atividades como oficinas, palestras, exposições, apresentações teatrais, mostras de vídeos, entre outras, em escolas e espaços públicos de oito municípios paraenses: Ananindeua, Belém, Bragança, Cametá, Castanhal, Igarapé-Açú, Irituia e Santarém.

O projeto conta com a parceria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), Universidade do Estado do Pará (UEPA), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) e Secretaria de Estado de Educação do Pará (SEDUC-PA). Na UFPA, a programação está sendo realizada por meio da integração de equipes de trabalho formadas por professores e alunos de diferentes unidades, a saber: o Núcleo de Inovação e Tecnologias Aplicadas a Ensino e Extensão (NITAE2), o Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) e o Instituto de Ciências Exatas e Naturais (ICEN).

 

Destaques da programação

Em Belém e região metropolitana, a programação do projeto na SNCT 2019 vai estar presente em escolas de bairros periféricos e de alta vulnerabilidade. Por exemplo, no dia 22 de outubro (terça-feira), na Escola Estadual Bom Jardim, em Ananindeua, o Clube de Ciências e a Faculdade de Educação Matemática e Científica (FEMCI) da UFPA promoveram oficinas voltadas a professores dos Anos Iniciais e alunos do Ensino Fundamental para criação de mudas de plantas com reaproveitamento de material orgânico.

Já no dia 23 de outubro (quarta-feira), celebrado como o Dia C da Ciência, a programação envolve a Apresentação-oficina “Teatro-Tangram: bioeconomia pelas formas geométricas” na Escola Estadual Antônia Paes, em Belém, relacionando a Matemática à Bioeconomia. O IEMCI, no campus da UFPA no bairro do Guamá, também abre as suas portas à comunidade para mostras de trabalhos e palestras, bem como promove a palestra “Bioeconomia e Ensino na Contemporaneidade”, de 18h às 19h, para professores, estudantes e público em geral. No campus da UFPA em Castanhal, serão promovidas palestras e oficinas com o tema “Vivendo Ciências na perspectiva do Ensino por Investigação” voltadas para professores e estudantes da Educação Básica e do Ensino Superior.

No dia 24 de outubro (quinta-feira), as ações de Matemática e Bioeconomia ocorrem na Escola Estadual Paulo Maranhão e, também, no campus da UFPA no bairro do Guamá, onde haverá a palestra “História da Ciência na Amazônia: Interseções com a Formação de Professores e a Bioeconomia”, de 9h às 12h, no IEMCI. No dia 25 de outubro (sexta-feira), terá exibição e discussão de filme na Escola Estadual Júlia Passarinho, em Cametá. Em Irituia, a UFPA promove a Oficina “Experimentando Ciência: a neurociência corre para a escola”, nos dias 25 e 26 de outubro na Escola Estadual Maria da Conceição Malheiros e, no dia 26, também na Escola Municipal Padre Marino Ponte.

Integra a programação, ainda, a Mostra VerCiência, que exibe produções audiovisuais sobre ciência, especialmente, sobre Bioeconomia. Entre os vídeos, estão produções integrantes do acervo do Projeto VerCiência – Mostra Internacional de Ciência na TV e outras produções selecionadas pela curadoria de professores da UFPA sobre o tema. Para a ocasião, será realizada a Mostra de vídeos “Bioeconomia é o Assunto do Cine Clube do CCIUFPA”, dia 26 de outubro, no campus da UFPA em Belém, voltada para estudantes de ensino Fundamental e Médio.

Em Bragança, o IFPA promove a Oficina “Experimentando Ciência: a piscicultura nas escolas da região nordeste paraense”, voltada para estudantes do Ensino Fundamental, no seu campus de Bragança, nos dias 21, 22 e 23 de outubro. Em Cametá, a Escola Estadual Júlia Passarinho desenvolve, durante toda a semana de 21 a 28 de outubro, dinâmicas integradas com turmas do Ensino Médio a partir do tema “Articulando Ciência e Educação: o estudo sobre Bioeconomia em ações de letramento”, a exemplo de mostras de vídeos e um concurso de redação, abordando o tema central da SNCT 2019.

Em Santarém, oeste do estado do Pará, a UFOPA desenvolve, no Dia C da Ciência, 23 de outubro, uma visitação da Escola Municipal Nossa Senhora do Livramento, da comunidade de Saracura, aos laboratórios que compõem a estrutura do campus Rondon da instituição, aproximando os estudantes e a comunidade do que é produzido como ciência dentro da Universidade. Serão realizadas, também, exposições e mostras de astronomia, com participação do Centro Pedagógico de Apoio ao Desenvolvimento Científico (CPADC) - Clube de Ciências da UFOPA. Em Igarapé-Açu, a UEPA, promove na quinta-feira, 24 de outubro, na Escola Macário Felipe Antonio de Igarapé-Açu, mostra de vídeos, palestras e oficinas de Matemática, Meio-ambiente e Língua Brasileira de Sinais, entre outras.

 

Sobre a SNCT 2019

A SNCT é uma iniciativa capitaneada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio da Coordenação-Geral de Popularização da Ciência (CGPC). Criada em 2004, possui o objetivo de aproximar a ciência e a tecnologia do público por meio de linguagem acessível e atividades criativas que motivem a população a participar e se aprofundar nos debates sobre ciência. Para isso, a SNCT envolve a participação de diversas instituições, como universidades, centros de ciência, museus, escolas e outras instituições.

Este ano, a programação da Semana chega à sua 16ª edição tendo como tema central “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para Desenvolvimento Sustentável”. A bioeconomia pode ser definida como uma proposta de diálogo entre as necessidades econômicas e de preservação e sustentabilidade dos recursos naturais. Por meio da bioeconomia, os setores da agricultura, da indústria e de serviços podem melhor se integrar, possibilitando um desenvolvimento mais sustentável para o país.

Envolver públicos escolares e universitários, especialmente do contexto amazônico, em ações educativas que promovam um maior conhecimento sobre a bioeconomia, significa inserir esses cidadãos em um importante debate, tornando-os multiplicadores de uma perspectiva que pode trazer soluções inovadoras para as problemáticas de nossa sociedade. O projeto da UFPA aborda a bioeconomia em sua relação com diferentes áreas de conhecimento, como Ensino, Matemática, Neurociências, Comunicação, entre outras

 

Para acompanhar os detalhes da programação da SNCT Pará, acesse:

Facebook: https://www.facebook.com/snct.para/

Instagram: https://www.instagram.com/snct.para/

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +