Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Fapespa realiza a primeira edição do Seminário de lnovação e Geração de Oportunidades

Fapespa realiza a primeira edição do Seminário de lnovação e Geração de Oportunidades

Data: 25/01/2018

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) realizou na manhã desta quarta-feira, 24 de janeiro, no auditório da fundação, a primeira edição do Seminário de lnovação e Geração de Oportunidades (SIGO). O evento teve como objetivo a promoção de encontros periódicos com empreendedores atuais e potenciais, docentes, estudantes de graduação e pós-graduação de diferentes carreiras acadêmicas, educadores e gestores para divulgar os resultados de projetos apoiados pela Fapespa, bem como potencializar o desenvolvimento de ações inovadoras realizadas no estado do Pará.

Na ocasião, o presidente da Fapespa, Eduardo Costa, ressaltou a importância dos encontros. Além disso, fez uma breve apresentação dos recentes investimentos realizados pela Fapespa. Os projetos apresentados foram: Estudo entomológico em campina do Baixo Tocantins, Cametá, Pará, como base para valoração do ecossistema; Governança local, gestão territorial e sustentabilidade do manejo florestal comunitário em Projetos de Desenvolvimento Sustentável em Anapú; Governança Pública e Desenvolvimento Territorial na Amazônia Paraense e Desenvolvimento de um Sistema de Produção Rural de Etanol a partir da Mandiocaba.

De acordo com o pesquisador Roberto Porro, “se nesses projetos todos conseguíssemos envolver aquilo que realmente é necessário, talvez um projeto para descobrir o que o Pará precisa realmente, em seguida, juntássemos todo esse potencial, acho que estaríamos em um caminho mais adequado”, disse.

Quem compartilhou da mesma opinião foi o pesquisador Inocêncio Gorayeb. “O primeiro fluxo é a demanda da sociedade até a pesquisa aplicada. Porém, não é só ela, a pesquisa aplicada não existe se não tiver a base. De fato, a sociedade precisa de uma demanda urgente e os recursos são poucos, mas tudo isso está no campo ao mesmo tempo”, afirmou.

Quem também participou do seminário foi o pesquisador e professor Luiz Ferreira de França. Segundo ele, “eu me sinto gratificado em desenvolver essas pesquisas integradas com alunos e vê que eles começam a aprender sobre o que existe de recursos, o que pode ser aproveitado e o que não pode”, declarou.

O pesquisador Mario Vasconcelos Sobrinho destacou o conceito de aproximação dos sistemas produtivos locais. “Os sistemas produtivos locais precisam ser melhores pensados e estabelecidos em um conceito mais amplo de politicas públicas a partir da identificação de tecnologias que possam ser utilizas e aplicadas naqueles recortes territoriais”, concluiu.

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +