Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
IPC DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM FECHOU 2017 COM A SEGUNDA MENOR INFLAÇÃO DA HISTÓRIA

IPC DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM FECHOU 2017 COM A SEGUNDA MENOR INFLAÇÃO DA HISTÓRIA

Data: 18/01/2018

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), em parceria com a Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio do Laboratório de Inflação e Custo de Vida da Região Metropolitana de Belém (Lainc/RMB), divulgou no dia 18 de janeiro, em coletiva de imprensa, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC/RMB) de dezembro de 2017. O acumulado do IPC/RMB no ano foi de 5,23%. Em 2016, a taxa acumulada foi de 10,94%, ficando, portanto, -5,71 pontos percentuais abaixo em 2017. O resultado é o segundo menor registrado nos 50 anos desde o início de realização das pesquisas, ficando atrás apenas do que foi apresentado em 2006, com um total de 3,97%. O IPC/RMB registrou a taxa de 0,49% em dezembro de 2017, ficando 0,29 ponto percentual acima do registrado no mês de novembro de 2017, quando alcançou 0,20%. O resultado de dezembro apresentou taxa de 0,53%, abaixo do mês anterior (0,61%).

O grupo de alimentos e bebidas, que apresentou deflação pela primeira vez nesses 50 anos, foi o principal responsável pelo resultado encontrado. O grupo foi o único com variação acumulada negativa (-2,77%) em 2017 e apresentou impacto negativo de -0,98 ponto percentual.

De acordo com o presidente da Fapespa, Eduardo Costa, “entre os fatores que influenciaram a baixa de preços referente ao acumulado entre janeiro e dezembro de 2017, pode-se destacar a supersafra do ano, com destaque para a produção do feijão, que cresceu 25,8% em relação a 2016, e a produção do arroz, que teve crescimento de 17,2%”, pontuou.

Também vale destacar que os preços médios do açúcar cristal tiveram retração em torno de 19,4% entre 2017 e 2016. Outro fator foi o crescimento de 5,3% na produção de leite industrializado até o terceiro trimestre, acompanhado pela queda nos preços de -5,5%. O preço do boi gordo apresentou queda de -9,2% em 2017 em relação a 2016 ao lado do aumento de 6% no número de abates. Apesar do aumento dos custos de produção de frangos, os preços médios do frango congelado, negociados no atacado, caíram -8%. Além disso, a produção nacional de ovos cresceu 7,7% e a do Pará, 11,2%.

“Outro fator interessante de ser observado é que os taxistas optaram por não utilizar a bandeira dois nos feriados de fim de ano, gerando, assim, a queda nos preços médios do serviço, fato provavelmente reflexo do aumento da concorrência”, concluiu o presidente Eduardo Costa.

Já os grupos de transportes e de despesas e serviços pessoais apresentaram as maiores variações relativas acumuladas em 2017, com 15,09% e 16,75%, respectivamente. No entanto, devido ao seu peso na estrutura orçamentária das famílias da RMB, o grupo de transportes impactou em 1,68 ponto percentual no índice de inflação (5,23%).

No ultimo dia 10 de janeiro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou o IPCA de 2018, que é considerado o índice de inflação oficial do Brasil. De acordo com o IBGE, a inflação do país em 2017 foi de 2,95%, abaixo do piso da meta fixada pelo governo, de 3%. Esta é a primeira vez que isso acontece desde que o regime de metas de inflação com bandas de variação foi implantado no país, em 1999.

A inflação acumulada da Região Metropolitana de Belém, de 5,23%, está em um patamar superior ao divulgado pelo IBGE. A pesquisa da Fapespa difere da pesquisa do IBGE, pois possui uma amostra ampla, que abrange, 100% dos grandes supermercados, 80% das feiras, chega a todos os bairros de Belém e em dois municípios da RMB. A pesquisa de campo é realizada mensalmente por 22 bolsistas, alcança 25 mil cotações de preços, em 800 estabelecimentos, para 330 produtos e serviços. A cesta de consumo utilizada foi definida pela pesquisa do orçamento familiar do IBGE, para cidadãos que ganham entre 1 e 8 salários mínimos.

O IPC/RMB DE DEZEMBRO DE 2017 ESTÁ DISPONÍVEL AQUI:
http://www.fapespa.pa.gov.br/upload/Arquivo/anexo/1582.pdf?id=1516894524

 

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +