Notice: Undefined index: HTTP_ACCEPT_LANGUAGE in /var/www/novosite/bib/classes/util/i18n/Language.php on line 106
» Fundação Amazônia Paraense de Amparo à Pesquisa «
Webmail | Acessibilidade
Redes Sociais
Fapespa apresenta Boletim do Comércio Varejista & Serviços do Estado do Pará

Fapespa apresenta Boletim do Comércio Varejista & Serviços do Estado do Pará

Data: 26/09/2017

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa), realizou na tarde da terça-feira, 26, a XVIII reunião do Grupo Interinstitucional de Estudos e Análise Conjuntural (Geac), no auditório do Sindicato do Comércio Varejista e dos Lojistas de Belém (Sindilojas). Na ocasião, foram apresentados os dados do Boletim do Comércio Varejista & Serviços do Estado do Pará referente ao 1° semestre do ano de 2017, além do Índice de Preço ao Consumidor (IPC) e os informes conjunturais da Fundação, ambos do mês de agosto. Também foram apresentados as pesquisas conjunturais da CNC/FECOMÉRCIO e o Índice de Atividade Econômica Regional Pará do Banco Central.

De acordo com dados do Boletim, se comparado ao mesmo período de 2016, o comércio varejista de Belém apresentou recuo de 5,2% no volume de vendas. Comparado aos semestres de 2015 e 2016 a queda foi menor já que nesse período foi registrado recuo de 11%. No plano nacional, o desempenho negativo no semestre do setor varejista esteve presente em 16 das 27 unidades federativas, resultado que ratifica o caráter recessivo nas vendas transacionadas ao longo do presente ano em todo o país, implicando em recuo nas vendas nacionais da ordem de -0,1% no acumulado de janeiro a junho de 2017.

Apesar desse resultado negativo é possível observar que a partir do mês de maio de 2017 houve um crescimento das vendas, resultado de diversos fatores como, a redução da taxa de juros Selic que serve como base para as demais taxas, redução da taxa de juros ao consumidor, liberação do FGTS, entre outros.

Para o presidente da Fapespa, Eduardo Costa, “o consumidor está cauteloso em fazer novas compras, diante da incerteza politica do país, diante da própria crise”, afirmou.

Quem compartilha da mesma opinião é a assessora econômica da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Pará (Fecomércio-Pa), Lúcia Cristina. “O setor empresarial entende que apesar desse crescimento o consumidor ainda se encontra cauteloso em fazer novas dividas. Ele, neste momento, esta se planejando e se adequando melhor antes de ir às compras. Diante da incerteza politica do País que acaba abalando e diante da própria crise que apesar da redução da taxa de juros, ainda sim continua com um custo elevado”, finalizou. 

Enviar por email

Deixe seu Comentario

Veja também

SIG AMAZÔNIA

Links úteis +

Editais, Ferramentas e Avisos +